Notícias

Polícia detalha morte de homem que caiu no golpe do 'Boa noite, Cinderela' no Centro de BH

Por Redação , 13/09/2019 às 14:33
atualizado em: 13/09/2019 às 14:43

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A Polícia Civil apresentou nesta sexta-feira detalhes da investigação da morte de Douglas Fernandes da Silva, de 32 anos, que foi morreu após cair no golpe conhecido como “Boa noite, Cinderela.”

Segundo as investigações, no dia 4 de fevereiro, Douglas estava em um ponto de ônibus perto da Praça da Estação, no Centro de Belo Horizonte, quando foi abordado por duas garotas de programa que o chamaram para beber. Elas teriam colocado grandes doses de remédios controlados na bebida do homem, que foi encontrado muito machucado no dia seguinte. 

De acordo com o inquérito, após colocarem remédio na bebida de Douglas, Aline Guimarães Lisboa, de 34 anos, e outra mulher identificada como Jéssica, chamaram Luiz Marcelo Nascimento Santos, conhecido como Guimê da Serra, para furtar pertences da vítima. Eles levaram o celular, documentos e cartões de crédito com a senha. A polícia acredita que Douglas possa ter reagido em algum momento e por isso foi espancado. 

A vítima foi levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde ficou internado como desconhecido por três dias e depois morreu. Os médicos constataram sinais de enforcamento e lesões na cabeça. A família de Douglas o encontrou somente uma semana depois, no Intituto Médico Legal (IML) de BH.

Guimê foi preso nesta semana, quando foi testemunhar em outro caso. Um quarto suspeito de envolvimento no crime, identificado como Iago Martins, que teria vendido o telefone de Douglas em um shopping popular, ainda é procurado. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador vai ficar em isolamento social e será acompanhado pelo departamento médico do clube.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚠️ EXCLUSIVO! "Se há alguns que vão às ruas se manifestar contra as instituições livres e democráticas no nosso país, isso nos causa preocupação", afirmou.

    Acessar Link