Notícias

Luz dos homens

Por Itatiaia, 16/03/2020 às 09:37
atualizado em: 16/03/2020 às 09:41

Texto:

00:00 00:00

Os homens experimentaram a escuridão e as almas vagaram entre o bem e o mal. Tanto na escuridão se envolveram que não havia luz que lhes chegasse. Nenhuma luz, nem a mais tênue. Deus então pôs a mão sobre a miséria e, maior que todos os males, fez-se homem e a si entregou uma lanterna, capaz de dissipar todas as noites. Chamava-se Jesus. E era luz. 

Mas soubemos, os homens não estavam na escuridão, os homens eram lanternas apagadas. E mais soubemos: marcaram Jesus com sua fúria e seu escárnio e foram lhe buscar para a morte, desde menino ainda, até adulto e sábio. 

Encimaram-lhe na cruz, açoitaram-no, humilharam, deram fel. Da cruz à ponta das lanças, no jugo da dor, o filho de Deus fechou os olhos, adormeceu sua própria carne e veio encantando depois. 

Ressurgiu para os que lhe queriam, como prova de força e afeição e para os que dele descriam, veio enfim como luz forte e clara. Na Páscoa, redimiu-se de todos os ódios e subiu num facho azul buscando a Deus, seu pai, cumprida a missão de nos salvar. 

Haveremos de saber, não será a maldade humana que apagará em nós a luz. Haveremos de saber, nada há que matará em nós o tanto que temos para renascer. Haveremos de saber das tarefas e do gozo da ressurreição, pois cada um de nós carrega uma lanterna para vencer a escuridão.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Agora, são 2.952 pessoas curadas da covid-19 no município. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Profissionais fizeram um minuto de silêncio em homenagem à José Célio da Silva. #Itatiaia

    Acessar Link