Notícias

Galo responde notificação de Thiago Neves, ‘estranha’ pedido de dano moral e fala em ‘péssima imagem’ do jogador

Clube retrucou meia que pede R$ 20 milhões pela desistência da contratação

Por Redação, 18/09/2020 às 22:33
atualizado em: 19/09/2020 às 07:12

Texto:

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

O Atlético enviou ao meia Thiago Neves uma contranotificação como resposta à notificação extrajudicial encaminhada pelo jogador ao clube cobrando R$ 20 milhões pela desistência da contratação. No documento, o Galo diz que até que o contrato seja assinado não há a concretização do vínculo. 

"Com efeito, é oportuno salientar que em qualquer contrato, em especial o contrato desportivo, só há concretização do negócio após a assinatura dos respectivos instrumentos pelas partes, com a aprovação final das cláusulas contratuais", diz um trecho do documento.

O clube desistiu da contratação após a má repercussão entre a torcida, que reagiu maciçamente contra a vinda do jogador logo que a Itatiaia vazou a informação de que Thiago Neves e Galo estavam praticamente acertados.

Em relação ao pedido de Thiago Neves de dano moral pré-contratual, o Atlético informou que “estranha” a solicitação do jogador tendo como base o histórico recente de polêmicas do meia. Em uma delas, em postagem no Instagram em 2019, o atleta comparou a queda da barragem de Brumadinho ao rebaixamento do Galo em 2006. Depois, pediu desculpas.

A última de Thiago Neves foi uma postagem no Twitter. Logo após o Grêmio, seu ex-clube, ser derrotado na Copa Libertadores, o jogador escreveu: “Continuo sendo o culpado?”.

Por fim, o Atlético criticou a conduta do jogador fora dos gramados afirmando que ele possui uma “péssima imagem comportamental junto ao público em geral".

Confira a íntegra da contranotificação do Atlético para Thiago Neves:

Reprodução/Twitter

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link