Notícias

Com série ‘Fora dos Trilhos’, Itatiaia leva mais um Prêmio CDL/BH de Jornalismo na categoria rádio

Por Redação, 01/12/2018 às 08:04
atualizado em: 01/12/2018 às 20:09

Texto:

A Itatiaia conquistou na noite dessa sexta-feira (30) a 7ª edição do Prêmio CDL/BH de Jornalismo na categoria rádio, realizado no Automóvel Clube, no Centro de Belo Horizonte. A emissora concorreu com a série especial de reportagens “Fora dos trilhos – o mineiro perdeu o trem?”, que contou a história das ferrovias mineiras, os problemas e a falta de projetos para o setor.

O especial foi produzido pelos repórteres Rafael Nonato e Alessandra Mendes, que levaram o prêmio pelo segundo ano seguido. Em 2017, a dupla venceu com a série “Rotas do medo”, que abordou o roubo de cargas nas estradas de Minas e os perigos que os caminhoneiros correm com ações dos criminosos nas rodovias que cortam o estado.

Clique aqui para acessar as reportagens em formato de texto e áudio, além de fotos e vídeos do especial 'Fora dos trilhos – o mineiro perdeu o trem?'

Nonato ressaltou a importância da premiação para os jornalistas.  “É o reconhecimento do trabalho de toda a imprensa do estado, que luta, que faz um bom jornalismo, apesar de todos os contratempos, apesar da concorrência com a tecnologia, com as fake news. A Itatiaia, mais uma vez, prova que é líder não à toa. Nós fomos em busca dos fatos, apuramos, corremos atrás”, afirmou.

No especial “Fora dos trilhos – o mineiro perdeu o trem?”, a população mineira soube quais os entraves para o investimento no setor, os prejuízos com a subutilização e os projetos que estão em curso para recolocar Minas nos trilhos. A reportagem rodou o estado para contar histórias daqueles que já viveram a era dourada das ferrovias e também de quem sonha com uma época em que os vagões voltarão a cruzar as montanhas mineiras.

O repórter explica que a ideia para a série surgiu do especial “Rotas do Medo”, ao constatar que a falta de rodovias e a ausência de manutenção em parte delas era um gargalo para a economia do país. “Neste ano, com a greve dos caminhoneiros, ficou mais nítido que tínhamos uma malha ferroviária riquíssima, já pronta para o transporte, que não era usada. Daí surgiu a ideia da investigação. Percorremos todo o estado. Esse resultado é muito gratificante. Agradecemos também à coordenação e à equipe técnica da Itatiaia. Esse premio é nosso!”, comemorou.

Entre as 132 matérias inscritas no Prêmio CDL/BH de Jornalismo deste ano, cinco foram selecionadas como finalistas de cada categoria: Impresso, Rádio, Televisão e Internet. Foram três premiados em cada uma das categorias. O primeiro colocado em Impresso, Rádio, Televisão e Internet receberam R$ 7 mil em vale-viagem. O segundo e terceiro lugar foram premiados, também em vale-viagem, com valores de R$ 4 mil e R$ 2 mil, respectivamente.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O convidado da audiência pública é o presidente do Comitê Nacional de Secretários de Fazenda dos Estados, Rafael Fonteles. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Há parlamentares contra a proposta do governo em todos os quatro blocos da casa, inclusive na base. #Itatiaia

    Acessar Link