Notícias

Com pandemia de coronavírus, tratamento de tuberculose deve continuar rigorosamente

Por Jacqueline Moura/Itatiaia, 26/03/2020 às 14:39
atualizado em: 26/03/2020 às 14:42

Texto:

Foto: Agecom bahia
Agecom bahia

Nesta semana Mundial de Combate à Tuberculose, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta às autoridades para que não descuidem do tratamento das vítimas da doença, que têm risco aumentado com a pandemia do novo coronavírus. O alastramento da Covid-19 está mostrando como as pessoas com doenças pulmonares e imunidade enfraquecida são vulneráveis. 

De acordo com o pneumologista, professor do curso de medicina do Uni-BH, Paulo Correa, embora seja considerada uma doença antiga, a tuberculose atinge cerca de 76 mil pessoas por ano, no Brasil. A transmissão da doença acontece por meio do contato com a pessoa doente, que elimina a bactéria no ambiente através da tosse ou espirros. 

“A tosse é o principal sintoma que vai ajudar o paciente e o médico a identificarem a doença. Inicialmente é uma tosse seca, que depois pode vir acompanhada de catarro. Toda tosse com mais de três semanas de duração deve ser investigada. Quando isso ocorrer, procure uma unidade básica de saúde para realizar exames. Outros sintomas são a febre que aparece no fim da tarde, suor noturno e emagrecimento”, detalha. 

De acordo com o médico, a doença tem tratamento disponível gratuitamente pelo SUS. Os medicamentos são fornecidos mensalmente nos postos de saúde ao paciente que deve tomar os remédios rigorosamente, todos os dias por seis meses, que é o tempo de tratamento da doença. Nos primeiros quinze dias de tratamento a doença ainda pode ser transmitida, mas depois desse período não pode ser mais passada para outras pessoas.

“A melhor forma de prevenção da doença é se cuidar, cuidar da saúde. A prevenção da população em relação à tuberculose é o tratamento das pessoas com a doença, por isso, a importância do diagnóstico e tratamento o mais precocemente possível, alerta o pneumologista, professor do curso de medicina do Uni-BH, Paulo Correa. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O Ministério da Saúde divulgou na noite deste sábado o boletim atualizado com os dados do novo coronavírus no Brasil. #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Há ainda o pedido para que o Ministério da Saúde adicione novamente ao Painel Coronavírus os dados apagados na sexta-feira (5). #itatiaia

    Acessar Link