Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

PSG frustra tentativa do Barcelona e rejeita liberar Neymar por empréstimo

Por Agência Estado, 21/08/2019 às 01:37
atualizado em: 21/08/2019 às 01:38

Texto:

O Barcelona insiste, o Real Madrid sonda e a Juventus tenta seduzir o Paris Saint-Germain. O objetivo é único: contar com o futebol do atacante Neymar. O problema para os três gigantes e para qualquer outro clube do mundo que queira contar com o futebol do brasileiro nas próximas temporadas é que o PSG não aceita nem ouvir qualquer proposta para ceder o jogador por empréstimo, mesmo que exista uma cláusula de opção de compra após um período. 

Os dirigentes da equipe francesa até estão dispostos a discutir uma eventual transferência do jogador, mas desde que seja feita uma oferta alta em dinheiro e, eventualmente, até com alguns jogadores fazendo o caminho inverso. De acordo o jornal Le Parisien, os cartolas do PSG tratam a questão com muito cuidado por respeito aos proprietários do clube, que em 2017 desembolsaram 222 milhões de euros (R$ 840 milhões na cotação da época) à vista para tirar o jogador do Barcelona. 

Os dirigentes não têm motivos para facilitar a saída do jogador por quem fizeram o que foi chamado de uma série de "sacrifícios financeiros". Entre eles estão o apoio dado à Fundação Neymar JR, com um contrato de parceria com o Banco Nacional do Catar, assinado em dezembro de 2018, além de vários privilégios para o atacante em relação a outros jogadores do elenco, como viagens ao Brasil, férias mais extensas e celebrações de aniversários. 

A ideia do Barcelona ainda é a de contratar o seu ex-jogador nos mesmos moldes que o próprio PSG usou para adquirir o jovem atacante Kylian Mbappé, que jogava no Monaco e atuou na equipe de Neymar por uma temporada como "emprestado" para só ser efetivamente comprado nesta temporada. O contexto era diferente e o clube da capital francesa estava limitado pelo fair play financeiro. Assim, foi feita a cessão por empréstimo e compra automática após um ano. 

Além disso, caso Neymar saia por empréstimo, é possível que o PSG tenha que gastar ainda mais dinheiro nesta temporada. Isso porque o clube, que ainda procura um goleiro de alto nível para seu elenco, terá que repor a perda do atacante com outro jogador do mesmo nível do brasileiro. E ninguém chegará à Paris por um salário baixo e um contrato por pouco tempo - o atacante argentino Paulo Dybala, da Juventus, é o que mais agrada aos franceses e por isso, caso a Juventus faça uma oferta que mescle dinheiro e o jogador, a tendência é o PSG aceitar.

Portanto, além do orgulho dos cartolas franceses, a complicada engenharia financeira de Neymar impedem que o PSG aceite negociá-lo por empréstimo. Pelo menos por enquanto.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link