Notícias

Mulheres que ajudaram na assistência a vítimas em Brumadinho são homenageadas pela CDL

Por Redação, 08/03/2019 às 15:11
atualizado em: 08/03/2019 às 15:49

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) homenageou na manhã desta sexta-feira nove mulheres que foram voluntárias em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte,  depois do rompimento da barragem da Vale. Elas ajudaram na assistência as vítimas da tragédia, ocorrida no dia 25 de janeiro deste ano.

As homenageadas forneciam alimentos para policiais, bombeiros, outros voluntários e vítimas da tragédia e chegaram a servir 500 refeições por dia. Todas ganharam um vale-compras no valor de R$ 1 mil. 

De acordo com o presidente da CDL, Marcelo Souza e Silva, o objetivo é reforçar a importância da mulher e a força que elas têm diante da tragédia. “O foco aqui é mostrar que a mulher é muito poderosa. Na adversidade elas adquiriram força para continuar ajudando as pessoas que estavam lá fazendo os resgates. No Dia Internacional da Mulher, todas as mulheres merecem ser homenageadas, mas aqui, em especial, essas mulheres de Brumadinho que passaram por esse período muito doloroso”.

Para Zélia Aparecida, uma das agraciadas, a alegria da homenagem é mesclada com o medo de ser esquecida, já que, segundo ela, o movimento de policiais e bombeiros têm sido menor em Brumadinho. “Nós moradores esperamos que a gente não seja esquecido que nem o povo de Mariana, porque é muita tristeza. Não tem nem dois meses e nós já estamos sendo esquecidos”.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link