Auto Truck CPM Interno

Notícias

Justiça mantém condenação a advogado que espancou ex-namorada em Belo Horizonte

Por Redação, 22/08/2019 às 18:05
atualizado em: 22/08/2019 às 18:13

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais manteve, em segunda instância, a condenação de 2 anos e 4 meses de prisão do advogado criminalista Demetrio Antonio Vargas de Mattos por lesão corporal contra uma ex-namorada em julho de 2014. A decisão foi publicada nesta quinta-feira.

O homem também é suspeito de agredir outras seis mulheres e cometer uma tentativa de feminicídio. Ele não pode pedir progressão de pena porque descumpriu uma medida protetiva contra uma vítima.

A mulher agredida no caso julgado afirma que, no início do namoro, o advogado não aceitou o fim da relação. “Ele chegou a falar comigo que ele era muito mimado e não aceitava ‘não’ como resposta. Ele me esperou na escada do meu prédio e quando eu fui abrir a porta ele me deu um soco. Eu caí, ele veio com uma voadora e pisoteou a minha cabeça. Eu contei 22 chutes até desmaiar. O porteiro me socorreu”, conta ela, que disse ter sofrido fraturas múltiplas na cabeça e sequela no fígado.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link