Auto Truck CPM Interno

Notícias

Grêmio se iguala ao São Paulo como maior semifinalista do Brasil na Libertadores

Por Agência Estado, 28/08/2019 às 11:03

Texto:

A classificação do Grêmio na Copa Libertadores, com uma vitória de virada por 2 a 1 sobre o Palmeiras, na terça-feira, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, marcou um recorde para o Brasil na competição continental. Em sua 19.ª Libertadores na história, o time gaúcho jogará pela 10.ª vez nesta fase e, assim, se igualou ao São Paulo como representante brasileiro com mais participações em semifinais do torneio.

O técnico Renato Gaúcho destacou a alegria de todos os gremistas após viver momentos de emoção com o desenrolar da partida. "Falei na preleção: o nosso torcedor tem que se sentir muito orgulhoso por tudo que esse grupo vem fazendo nos últimos anos. Nosso grupo é muito unido, fechado. Eu me sinto privilegiado de estar à frente desse grupo", apontou.

Esta será a terceira vez seguida que o Grêmio disputará as semifinais da Libertadores. Todas com Renato Gaúcho no comando. Em 2017, ano da conquista do tricampeonato continental, bateu o Barcelona, de Guayaquil (Equador), e avançou à final contra o Lanús, da Argentina. Na temporada seguinte, novo clube argentino pela frente, mas a derrota veio para o River Plate.

A semifinal deste ano será contra um adversário brasileiro. E pode ser o rival Internacional, que nesta quarta-feira tentará em casa, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, reverter a vantagem obtida pelo Flamengo com a vitória por 2 a 0 no Rio de Janeiro. Os jogos serão nos 18 e 25 de setembro.

Além de se tornar o maior semifinalista brasileiro da Libertadores, o Grêmio obteve outras marcas importantes. Conseguiu a vitória de número 101 na competição, a maior entre os clubes do país. Ganhou do Palmeiras pela primeira vez na história no estádio do Pacaembu. Virou pela primeira vez uma derrota em mata-mata sofrida dentro de casa. E voltou a bater o rival alviverde na capital paulista depois de 11 anos.

"Foi uma vitória heroica, épica. Fazia 11 anos que o Grêmio não ganhava do Palmeiras aqui. Mais um recorde quebrado. Sabia que a equipe tinha condições de chegar aqui e ganhar o jogo. Tivemos forças para reagir", ressaltou Renato Gaúcho. "O Grêmio tem a sua maneira de jogar, buscando a vitória em qualquer competição. Não vou mudar o esquema a cada partida que a gente não vence. Tenho total confiança no meu grupo".

O técnico gremista, com as atenções voltadas agora para o Campeonato Brasileiro, inicia nesta quarta-feira  a preparação para enfrentar o São Paulo, neste sábado, no estádio do Morumbi. Assim, o elenco permanece na capital paulista e poderá desfrutar ainda mais da vitória sobre o Palmeiras.

"Foi uma partida épica, de raça. O Grêmio gosta de ganhar, gosta da bola, de agredir. Tem, sim, o melhor futebol do Brasil, com resultado. Não ganhou em dois anos e meio seis títulos à toa. A gente respeita todo mundo. Agora, futebol bonito o Grêmio tem, sim. E o aproveitamento é sensacional", completou Renato Gaúcho.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link