Notícias

Com Victor perto de voltar e Cleiton bem, Rodrigo Santana avalia disputa no gol do Atlético

Por Redação, 11/08/2019 às 15:06
atualizado em: 12/08/2019 às 15:44

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

O técnico Rodrigo Santana tem um ‘problemão’ para resolver nos próximos dias. Quem será o titular do gol do Atlético depois que Victor ficar à disposição? O camisa 1 já se recuperou da tendinite no joelho esquerdo e faz trabalhos de recondicionamento físico na Cidade do Galo.

Certo é que o jovem goleiro, que completará 22 anos no próximo dia 19, colocou uma ‘pulga atrás da orelha’ do treinador. Rodrigo Santana afirmou que depois que Victor estiver à disposição irá conversar com o preparador de goleiros Chiquinho para definir o titular para a sequência da temporada.

"A gente sabe que o Victor é um ídolo, tem história linda no clube e no futebol. Ele é titular absoluto, mas está machucado, passando por uma fase de recondicionar tudo fisicamente. Tem que trabalhar. No momento que ele estiver 100%, vou sentar com o Chiquinho e a gente vai definir”, declarou o técnico após a vitória do Atlético sobre o Fluminense em que Cleiton sofreu gol após quatro jogos seguidos sem ser vazado.

No momento em que se machucou, Victor era contestado por parte da torcida do Atlético por falhas em alguns gols sofridos pelo time. Cleiton assumiu a titularidade e nas seis partidas em que esteve debaixo das traves levou apenas três gols.

Para Rodrigo Santana, o histórico de Victor não irá pesar contra Cleiton e quem estiver melhor irá jogar. “O Cleiton está num momento maravilhoso. O trabalho do Chiquinho está sendo muito bom. Um goleiro jovem desse passa uma segurança tão boa, no momento de cruzamento na área. Ele consegue ligar o contra-ataque com muita facilidade. Esse problema não é meu, é do Cleiton e do Victor. Quem estiver melhor vai jogar", finalizou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link