Auto Truck CPM Interno

Notícias

Com série ‘Fora dos Trilhos’, Itatiaia leva mais um Prêmio CDL/BH de Jornalismo na categoria rádio

Por Redação, 01/12/2018 às 08:04
atualizado em: 01/12/2018 às 20:09

Texto:

A Itatiaia conquistou na noite dessa sexta-feira (30) a 7ª edição do Prêmio CDL/BH de Jornalismo na categoria rádio, realizado no Automóvel Clube, no Centro de Belo Horizonte. A emissora concorreu com a série especial de reportagens “Fora dos trilhos – o mineiro perdeu o trem?”, que contou a história das ferrovias mineiras, os problemas e a falta de projetos para o setor.

O especial foi produzido pelos repórteres Rafael Nonato e Alessandra Mendes, que levaram o prêmio pelo segundo ano seguido. Em 2017, a dupla venceu com a série “Rotas do medo”, que abordou o roubo de cargas nas estradas de Minas e os perigos que os caminhoneiros correm com ações dos criminosos nas rodovias que cortam o estado.

Clique aqui para acessar as reportagens em formato de texto e áudio, além de fotos e vídeos do especial 'Fora dos trilhos – o mineiro perdeu o trem?'

Nonato ressaltou a importância da premiação para os jornalistas.  “É o reconhecimento do trabalho de toda a imprensa do estado, que luta, que faz um bom jornalismo, apesar de todos os contratempos, apesar da concorrência com a tecnologia, com as fake news. A Itatiaia, mais uma vez, prova que é líder não à toa. Nós fomos em busca dos fatos, apuramos, corremos atrás”, afirmou.

No especial “Fora dos trilhos – o mineiro perdeu o trem?”, a população mineira soube quais os entraves para o investimento no setor, os prejuízos com a subutilização e os projetos que estão em curso para recolocar Minas nos trilhos. A reportagem rodou o estado para contar histórias daqueles que já viveram a era dourada das ferrovias e também de quem sonha com uma época em que os vagões voltarão a cruzar as montanhas mineiras.

O repórter explica que a ideia para a série surgiu do especial “Rotas do Medo”, ao constatar que a falta de rodovias e a ausência de manutenção em parte delas era um gargalo para a economia do país. “Neste ano, com a greve dos caminhoneiros, ficou mais nítido que tínhamos uma malha ferroviária riquíssima, já pronta para o transporte, que não era usada. Daí surgiu a ideia da investigação. Percorremos todo o estado. Esse resultado é muito gratificante. Agradecemos também à coordenação e à equipe técnica da Itatiaia. Esse premio é nosso!”, comemorou.

Entre as 132 matérias inscritas no Prêmio CDL/BH de Jornalismo deste ano, cinco foram selecionadas como finalistas de cada categoria: Impresso, Rádio, Televisão e Internet. Foram três premiados em cada uma das categorias. O primeiro colocado em Impresso, Rádio, Televisão e Internet receberam R$ 7 mil em vale-viagem. O segundo e terceiro lugar foram premiados, também em vale-viagem, com valores de R$ 4 mil e R$ 2 mil, respectivamente.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link