Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Com gol no fim, América bate Ponte Preta em Campinas e volta a vencer na Série B

Por Redação/Agência Estado, 30/07/2019 às 22:50
atualizado em: 30/07/2019 às 23:12

Texto:

Foto: Estevão Germano/América
Estevão Germano/América

O América voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Com dois jogadores a mais nos dez minutos finais, o Coelho se valeu da superioridade numérica em campo e bateu a Ponte Preta por 1 a 0, nesta terça-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 13ª rodada.

Felipe Azevedo foi o herói do América ao balançar as redes aos 43 minutos do segundo tempo. Após cruzamento, Marcelo Toscano ajeitou para o atacante, que emendou o chute no ângulo.

A Ponte perdeu o primeiro jogador aos 24 minutos do segundo tempo, quando Gérson Magrão recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Aos 34, Mateus Vargas levou o cartão vermelho direto após acertar Rafael Bilu com um carrinho.

Com dois jogadores a mais, ficou mais fácil para o América, que conseguiu encerrar o jejum de cinco jogos sem vencer na temporada.

Mesmo com a vitória, o América permanece na lanterna da Série B, com dez pontos. No entanto, a distância para o primeiro time fora do Z4 é menor. Agora, são três pontos para o Criciúma, 16º colocado. Já a Ponte Preta ocupa a nona posição, com 19.

No próximo sábado, às 17h, o América vai a Curitiba enfrentar o Paraná, no estádio Durival Britto, pela 14ª rodada da Série B. Também no sábado, mas às 16h30, a Ponte Preta visita o São Bento, no interior de São Paulo.

O jogo

Assim como foi contra Bragantino e Vitória, a Ponte Preta começou pressionando o América e acabou criando três chances em menos de 10 minutos. Na melhor delas, Matheus Vargas recebeu belo passe de Camilo, saiu de frente para o gol e acabou chutando por cima.

O América equilibrou as ações e foi ameaçar aos 16 minutos. Matheusinho avançou pela direita e deixou com Willian Maranhão. O volante arriscou e mandou rente à trave. Depois foi a vez de Jonatas Belusso chegar com perigo em duas oportunidades, mas em ambas parou no goleiro Ivan.

A Ponte Preta voltou a pressionar o América. Em chute de Roger, Jori salvou. Camilo ficou com a sobra e ficou na defesa do goleiro. A bola ainda voltou para Marcondele, que mandou para fora. Roger, Diego Renan, Edson e Matheus Vargas também tentaram, mas nada passou pelo ferrolho do time mineiro.

O América voltou melhor para o segundo tempo e colocou Ivan para trabalhar. Em chute de Zé Ricardo, Ivan defendeu. Ele ainda fez um milagre, logo na sequência, após cabeçada de Felipe Azevedo. A Ponte Preta caiu de produção e já não tinha o mesmo fôlego da etapa inicial.

A situação piorou ainda mais para o time campineiro. Após falta em Zé Ricardo, Gerson Magrão levou o segundo cartão amarelo e, posteriormente, o vermelho. A Ponte Preta chegou a ficar com nove jogadores, a 11 minutos do fim. Matheus Vargas entrou em Bilu de carrinho e foi expulso.

Com dois a mais, o América encaixou um contra-ataque para definir a vitória, aos 43 minutos. Após bola alçada na área, Marcelo Toscano deixou para Felipe Azevedo, que deu de bico para confirmar o triunfo do Coelho.

PONTE PRETA 0 X 1 AMÉRICA

PONTE PRETA - Ivan; Diego Renan, Renan Fonseca, Airton e Guilherme Guedes; Edson, Camilo (Tiago Real), Gerson Magrão e Matheus Vargas; Roger (Alex Maranhão) e Marcondele (Tiago Marques). Técnico: Jorginho.

AMÉRICA - Jori; Diego Ferreira, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Willian Maranhão (Marcelo Toscano); Felipe Azevedo, Matheusinho (Rafael Bilu) e Jonatas Belusso (Júnior Viçosa). Técnico: Felipe Conceição.

GOL - Felipe Azevedo, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Edson e Tiago Marques (Ponte Preta); Ricardo Silva (América).

CARTÕES VERMELHOS - Gerson Magrão e Matheus Vargas (Ponte Preta)

ÁRBITRO - Daniel Nobre Bins (RS).

RENDA - R$ 31.630,00.

PÚBLICO - 3.331 torcedores.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link