Notícias

Colômbia marca no fim, bate Catar e confirma vaga nas quartas da Copa América

Por Agência Estado, 19/06/2019 às 21:14
atualizado em: 19/06/2019 às 21:16

Texto:

 

A Colômbia precisou lutar muito para derrotar o Catar, por 1 a 0 nesta quarta-feira à noite, no estádio do Morumbi, em São Paulo pela segunda rodada do Grupo B da Copa América. Com o resultado o time sul-americano chega aos seis pontos e garante classificação para as quartas de final. O time convidado da organização segue com apenas um.

Na próxima rodada, no domingo, Colômbia encara Paraguai, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O Catar terá pela frente a Argentina, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Com um futebol organizado, veloz e corajoso, o Catar mostrou que se prepara muito bem para a Copa da qual será sede em 2022, enquanto os colombianos voltaram a apresentar condições de brigar pelo título perseguido desde 2001.

O jogo começou com as duas equipes procurando o ataque. Com dribles, infiltrações e lançamentos, em menos de um minuto cada equipe já havia assustado seu adversário uma vez. Aos 4, a Colômbia tem um gol anulado, pois Roger Martinez, impedido, desviou cabeçada de Davinson.

O bom futebol do Catar, com toque de bola consciente, animada a pequena torcida no Morumbi. "Aos gritos de Olê, olê, olê, olê, Catar, Catar...", os catarianos, juntamente com alguns brasileiros, foram mais ouvidos no começo do jogo.

Mas, aos poucos, o Catar não conseguiu manter a mesma produção e a Colômbia passou a dominar mais a bola. Aos 13, a Colômbia teve grande chance de abrir o placar. Roger Martinez escapou pela direita e cruzou para James Rodríguez perder gol incrível, ao cabecear, sozinho, para fora. Aos 16, Cuadrado, em bom chute de fora da área, obrigou Alsheeb a fazer boa defesa.

Apesar da consciência tática e da iniciativa para buscar as jogadas ofensivas, o Catar apresentou várias falhas de posicionamento em seu setor defensivo, principalmente nas cobranças de escanteio. O grandalhão Zapata tornou-se um pesadelo para a defesa asiática.

O Catar só voltou ao campo de ataque aos 34 minutos, quando Afif fez boa jogada pela esquerda, mas bateu fraco para a defesa fácil de Ospina. A Colômbia respondeu. James Rodríguez, após linda matada de bola, iniciou a jogada, que Zapata fez bem o paredão na área para o chute do lado de fora da rede de Medina.

Antes de acabar o primeiro tempo, parte da torcida colombiana pediu a entrada de Falcao Garcia, aos gritos de "El Tigre Falcao". O técnico Carlos Queiroz não deu ouvidos. Só colocou Arias no lugar de Medina.

A Colômbia voltou a pressionar no início do segundo, exagerando nas bolas alçadas na área. Em uma delas, a bola sobrou para Roger Martínez, que encheu o pé. A bola bateu na zaga e o juiz deu pênalti, mas o VAR surgiu para cancelar a marcação. O jogo ficou parado por cerca de três minutos.

Haydos arriscou de longe, errou a meta colombiana, mas incendiou as arquibancadas. As duas torcidas animadas dão show e um colorido a mais para a partida. O segundo tempo foi bem melhor que o primeiro.

A Colômbia teve duas boas chances. A primeira em cabeçada de Mina para fora. A segunda com Roger Martínez, que Alsheeb fez bela defesa. O Catar, com grande apoio de sua pequena, mas barulhenta torcida, fez Ospina trabalhar, após finalização de Hatem. Os sul-americanos tiveram a maior chance, aos 19 minutos, mais uma vez com Roger Martinez, mas Alsheeb, caindo, defendeu de forma sensacional. O goleiro voltou a aparecer em nova cabeçada de Mina, aos 26 minutos.

Em melhor momento na partida, a Colômbia apertou a marcação, mas seus jogadores mostraram nervosismo pelo fato de não conseguirem a marcação do gol. O Catar começou a querer ganhar tempo em todas as cobranças e faltas sofridas.

De tanto forçar, a Colômbia conseguiu o gol, aos 40 minutos. James Rodríguez fez lindo lançamento de trivela e Zapata subiu para testar firme, sem defesa para Alsheeb: 1 a 0.

Valente, o Catar ainda assustou com Hassan, aos 44 minutos, mas a maior técnica e experiência colombiana prevaleceram e o placar acabou sendo justo. 

FICHA TÉCNICA:

COLÔMBIA 1 x 0 CATAR

COLÔMBIA - Ospina; Medina (Arias), Mina, Davinson e Tesillo; Barrios, Uribe, Cuadrado (Falcao) e James Rodríguez; Zapata e Roger Martínez (Luis Diaz). Técnico: Carlos Queiroz.

CATAR - Alsheeb; Pedro Correia, Hisham, Hassan e Salman; Madibo, Khoukhi e Haydos (Doozandeh); Hatem (Boudiaf), Afif e Ali. Técnico: Felix Sanchez.

GOL - Zapata, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Alexis Herrera (VEN).

CARTÕES AMARELOS - Hassam, Madibo, Pedro Correia, Uribe.

RENDA - R$ 5.385.300,00.

PÚBLICO - 22.079 pagantes (24.762 no total).

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link