ALMG - SOU MINAS DEMAIS

Notícias

Balsimelli sobre administração do Independência: 'Você não pode trabalhar para pagar'

O presidente da Luarenas, empresa que administra o Independência, concedeu entrevista a Thiago Reis, da Itatiaia, e detalhou os problemas financeiros do estádio

Por Redação, 16/04/2019 às 11:53
atualizado em: 16/04/2019 às 21:41

Texto:

Foto: Marco Túlio/ Metrô BH
Marco Túlio/ Metrô BH
00:00 00:00

Em meio a incertezas sobre o futuro da administração da Arena Independência após a Luarenas pedir rescisão de contrato ao governo de Minas, o presidente da empresa responsável por administrar o estádio, Bruno Balsimelli, concedeu entrevista ao repórter Thiago Reis, da Itatiaia. 

“Nós queremos um reequilíbrio. Não há reequilíbrio? Então, pedimos a devolução. Isso no ano passado e enrolaram mais uma vez. Barganharam e nós estamos assim”. 

De acordo com o Balsimelli, as previsões de lucro foram feitas de modo equivocado. “Foi feito por pessoas que não tinham esclarecimento total de arena, o quanto se podia arrecadar. O valor que foi colocado é um absurdo.Erraram totalmente a viabilidade de ter esse equipamento nessas condições de repassar alguma coisa para o concedente e para o América”, criticou. 

Balsimelli cobra que haja equilíbrio e dispara: “Você tem que trabalhar para ganhar. Você não pode trabalhar para pagar”. 

A previsão, de acordo com o presidente, é que a situação seja resolvida em um prazo de 90 dias. 

Demandas 

O presidente destacou também que, além dos gastos regulares e os repasses que devem ser feitos ao América e governo, outras custos causaram um prejuízo ainda maior. “Vem a CBF e manda ampliar o banco de reserva, a capacidade de iluminação tem que ser aumentada. Tudo isso é investimento. Em dezembro e janeiro foram R$ 280 mil de investimento para ter os equipamentos. Nós fizemos um investimento de R$ 15 milhões e temos um prejuízo de mais de R$ 10 milhões acumulado”, alegou. 

Administração 

Balsimelli não vê um futuro viável para o estádio caso a Luarenas deixe a administração. “O governo não tem que investir R$ 4 milhões no equipamento por ano, o governo tem que se preocupar com educação, saúde e com segurança. A parte de esporte e estádio tem que ser uma coisa privada, não tem nada a ver com eles. Agora, tem que ser uma parceria que seja boa para todos os lados. Eu acredito também que R$ 4 milhões não estão no orçamento do América, porque ele tem que pensar em jogar bola e ganhar títulos”, completou

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️#Atlético: Jornal @CorreiodoPovo destaca pressão do @Gremio para vencer a primeira no Brasileirão. Via @claudiorez https://t.co/aUocU2O6Sg

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Eles não querem me remover, acham que tô perfeitamente bem, que consigo correr, que consigo juntar minhas crianças, colocar nas costas e sair correndo morro acima", relata. C...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Tememos o que pode acontecer numa sociedade cheia de polarizações".

    Acessar Link